05 julho 2010

em geral... qual é a conduta qe um ANARQUISTA deve ter en meio a esse mundo capitalista?'

Não dá pra ter uma conduta anarquista em meio a esse mundo capitalista. Por isso não me considero anarquista. Para ser um anarquista, não dá pra "reformar" ou viver no sistema. Você tem que perverter todo o sistema antigo, abandoná-lo. Vivendo no meio capitalista, o máximo que você pode conseguir é evitar certas atitudes, o que o tornará possivelmente um melhor ser humano, mas não um anarquista.

Detector de Demônios? A Universal tem.


Pois é, meus caros, e a Universal parece estar inovando novamente.

Segundo a mãe de um fiel, a gangue do Macedo agora tem um aparelinho com uma lâmpada e alguns interruptores (ah, tem também um microfone e um altofalante) que pode "detectar demônios". Ainda segundo essa mulher, seu filho, que teve a mente assimilada pelos pseudopastores, usa esse aparelhinho - chamado "psicoscópio" - para avaliar o grau de "endemoniedade" dos jovens do grupo que lidera.

E a loucura não para por aí. A mulher disse que o filho também usa um "óleo antitesão" nas partes intimas, a fim de diminuir seu desejo pelo pecado (!). Para a mulher, o troço não passa de óleo de cozinha (será? rsrsrsrs).

Sueli Ferreira de Moura (foto), de Campo Grande - MS, manteve-se acorrentada por sete horas aos portões da Igreja (?) Universal em protesto, pois alega (e eu não duvido) que seu filho tenha sofrido lavagem cerebral.

Segundo a mãe, o garoto se tornou um escravo, pois passou a vender balas, calçados e eletrodomésticos para levar o dinheiro pro Circo do Macedo. O pobre coitado parou até de ir à escola, pois não podia mais pregar por lá.

Sueli disse que tentou várias vezes falar com os pastores para reclamar do fanatismo de seu filho. Como nunca foi atendida, em novembro do ano passado ela, "em uma atitude desesperada", invadiu um culto para se queixar. Isso rendeu à mulher um passeio de camburão e uma ficha suja.

Segundo o blog do Paulo Lopes, até agora a Universal não se pronunciou a respeito do caça-satã, e nem se manifestou sobre as demais acusações de Sueli.

Artigo baseado no texto de Paulo Lopes, lido no Blog do Pastor Márcio.

04 julho 2010

Mais Cristo, menos Cristianismo

Mais Cristo, menos Cristianismo

Ed René Kivitz

Toda religião está estruturada em dogmas, rituais e códigos morais. O Cristianismo também. Mas não são os dogmas, os rituais e os códigos morais que definem a experiência pessoal com Cristo. O apóstolo Paulo esclareceu que os seguidores de Jesus não podem ser reduzidos a observadores de rituais e padrões morais.

Cristo é maior que o Cristianismo. Por essa razão, a adoração a Cristo é mais importante que a defesa do Cristianismo, e a imitação de Cristo é mais importante que a adesão ao Cristianismo. Ser como Cristo e fazer mais por Cristo, eis as legítimas aspirações de todo aquele que se comprometeu com o caminho de Cristo.

Leia o artigo completo no Pavablog!