27 janeiro 2009

Lutas noturnas com o Demo.

Desde pequeno achava que tinha algum problema. Algumas noites, geralmente quando estava muito cansado, acordava durante o sono, mas não acordava normalmente. Sentia um peso no peito, e não conseguia me mexer. Meu corpo ficava totalmente estático, mas eu percebia que estava acordado, embora meu corpo permanecesse congelado, como se eu estivesse preso dentro dessa minha casca mortal. Isso, às vezes seguido de alucinações: vultos ou "viagens" para fora do corpo. Depois que me "converti" (i.e. virei evangélico), me convenci de que o demônio me prendia, e eu conseguia me soltar de suas garras quando conseguia proferir o nome de Jesus (ô Glória). Porém, alguns anos atrás, quando fui liberto do evangelicalismo e me tornei cristão, descobri que tudo isso não passa de um estado de sono chamado catalepsia projetiva, algo comum, que acontece com todo mundo, mas que só às vezes percebemos. Esse é um dos distúrbios que são verdadeiros pratos cheios para o pentecostalismo macumbético brasileiro, que vive querendo encontrar formas de mistificar o natural em busca de uma falsa espiritualidade que amedronta e subjuga os mais humildes e desavisados. Por tanto, fique calmo. Da próxima vez que tentar acordar e perceber que seu corpo está inerte, relaxe, respire fundo, ou simplesmente curta o "barato". Você é normal como qualquer um, graças a Deus.

22 janeiro 2009

Kriss Kross - Jump (Music Video)

E dá-lhe mais bate-cabeça de primeira...

Ice T - Colors

Esse som é muito tradicional. Foi trilha sonora do filme "Colors - As Cores da Violência". O rapper é Ice-T, vocalista da banda de hardcore Body Count e um dos protagonistas do seriado "Law And Order - Special Victims Unit".

Clip Rappin Hood Jair Rodrigues - Disparada

Mais misturada. Agora é o mesmo Rappin Hood junto com o sertanejo "Disparada" de Jair Rodrigues. Lindo!

Que Tempo Bom - THAIDE e DJ HUM

Som muito de primeira. A galera com + ou - 40 anos deve até chorar quando ouve isso. Até eu, que ainda não tô nos 3.0 fico emocionado...

SNJ - Viajando na Balada

Outro grupo de "responsa", e que quase nuncase ouve falar:SNJ(Somos Nós a Justiça). LEtras conscientes e som original e contemporâneo..

MV Bill - Soldado do Morro

Continuando no âmbito nacional, temos o MV Bill, que dizem, é o rapper mais consciente do Brasil.

RUN-DMC - It's Tricky

Mais Run D.M.C. Além de serem um dos primeiros grupos de hip hop da história. Também lançaram para o "mainstream" o estilo Miami Bass, que é, por assim dizer, o pai (ouseria avô) do funk carioca.

Beastie Boys - Three MC's and One DJ

Não tenho muito o que falar desse clipe. Eu simplesmente gosto dele...

Beastie Boys- Intergalatic

Outro som que é um ode à cultura dos anos 90...

Beastie Boys- Sabotage

Esse é um dos melhores sons que eu já ouvi. Influenciaram muito bandas como Rage Against the Machine, com certeza...

Peter Piper Breakin' Editing Project

Queria o clipe da música "Peter Piper" do Run D.M.C., mas o clipe não existe. Encontrei esse vídeo de brak dance. O interessante, por exemplo, é ver como as culturas nosanos 80 eram bem próximas umas das outras. Alguns "b-boys" (dançarinos de break) do vídeo usam pulseiras com spikes, lembrando muito os punks e heavy-metallers dos anos 80.

Ini Kamoze - Here Comes The Hotstepper

Agora um lance mais leve. Esse é outro som muito famoso, mas que a galera geralmente não sabe de onde veio (é umavergonha). Foi trilha sonora do filme "Prêt-a-Porter".

GRAVEDIGGAZ - DIARY OF A MADMAN

Conntinuando na linha "rap de terror", temos o Gravediggaz. Esses caras fazem um som de presença...

Flatlinerz - Live-Evil

Esse é outro das antigas. Só batida pesada,rap de primeira. É pra sair do chão e dar muita porrada...

Ice Cube - Wicked [by Mic]

Esse marcou uma época da minha vida. Ouvi muito esse som no começo dos anos 2000...

Soul Assassins - Puppet Master

Esse clip dispensa comentários...

Ice Cube - Fuck Tha Police (CONTÉM PALAVRÃO)

Bom, como o próprio título diz, a música é um protesto contra a polícia e sua ridícula estereotipação do cidadão. Não importa onde seja, no Brooklin, em Londres, em Pequim ou em São Paulo: se você não está de acordo com o padrão, você, pra polícia, não passa de ladrão...

Hip Hop Hooray - Naughty by Nature

Quem nunca fez "hey, hoo" uma vez na vida? Mas poucos sabem da onde vem isso. Aqui está: Naughty By Nature. Enjoy it!

Onyx-Slam

Esse é o Onyxcom o seu hit "Slam". Nada de "irmãzinhas" rebolando e putaria. Só violência. SLAM IN THE MOSHPIT!

Afrika Bambaataa - Peace, Unity, Love and Having Fun

Outra música de Afrika Bambaattaa. Muito "funky". Isso é rap de verdade, não essas porcarias de 50Cent, G-Unit e outras porcarias que tocam na MTV.

Afrika Bambaataa-Planet Rock Kraftwerk Original Video

Esse vídeo é história. Foi a primeira vez que Afrika Bambaataa (reconhecido como o criador do rap e papa do hip hop) apresentou esse tipo de música com batidas eletrônicas e vocais rimados. O som usado como base é da banda eletrônica alemã Kraftwerk".

Afrika Bambaataa - Freestyle

Hoje vou postar somente vídeos, provavelmente. Vídeosque eu acho bons, que me dizem algo, ouque simplesmente me deixam pra cima. Espero que gostem.

21 janeiro 2009

Que tal um comentário?

Vi um post no blog Trocistas sobre a campanha "Quem ama comenta", e resolvi dar a minha parcela de contribuição por aqui. Por que as pessoas lêem um blog e não têm nem um minutinho para fazer um comentário, nem que seja "que bosta de postagem"? Será que custa muito parar e deixar algumas palavras? Como li um comentário lá no post original, ler e não comentar é como ir ao banheiro e não dar descarga. Já que começou a cagada (ler o post), vá até o final (deixe um comentário). É pelo comentário que sabemos se as coisas estão indo bem. Se todos disserem que tá uma merda, há duas possibilidades: ou a gente escreve melhor, ou dá banana pra todo mundo. Porém, de qualquer jeito é bom ler um comentário... É isso aí, pessoal: QUEM AMA COMENTA! E se você é blogueir@, tome parte nesta campanha também. Acesse o blog Trocistas e divulgue. Participantes da campanha: Trocistas, TôNaCola, NãoPasseiNoVestibular, Mafagafo , Pingado e Pão na Chapa , Seu Boga , Vinícius Cordeiro, e agora EU.

Se o meu e-mail falasse...

Você já pensou em transformar textos em som MP3 e enviá-los por e-mail? Pode parecer bobagem, mas imagine se você tem que mandar um e-mail para um cego? Essa é a ideia do Blindspeak, um site em que você insere um texto e ele converte para MP3. Está na versão beta, e só funciona bem com o inglês, mas achei a idéia ótima. Segue um link para ouvir um teste que eu fiz com a música "My Name Is Luka" de Suzanne Vega. Para ouvir, clique aqui. Tomara que desenvolvedores brasileiros criem algo parecido, também.

20 janeiro 2009

Sobre o desabamento da Renascer

Hoje assisti algumas matérias sobre o desabamento do teto da Igreja Renascer - Sede no bairro do Cambuci, e já encontrei diversas opiniões sobre o assunto. Pessoas acusando, repórteres se defendendo dos ataques verbais e, segundo alguns sites, físicos, e um sem-número de notícias desse que parece ser o primeiro grande desastre da cidade neste ano. Depois de muito ler, decidi escrever essas palavras. Embora seja totalmente contra os ideais apostólico-financeiros da Igreja Renascer em Cristo, que busca lesar e enganar seus fiéis através da pregação da teologia da prosperidade, dentre outras farsas comuns no meio evangélico, creio que o momento agora é de procurar ajudar — fiéis que estão acidentados, os parentes das vítimas, aqueles que de algum modo tiveram perdas materiais (vida e saúde - não perdas em dinheiro, necessariamente). Quanto à instituição Renascer, já comprovadamente ardilosa e má (comprovada, se não judicialmente, pelo menos em nossos corações e nossas convicções - eu não tenho a menor dúvida), espero que se preparem. Algo está muito errado, e um dia tudo terá que ser explicado, se não hoje, amanhã ou depois. Apóstolos, bispos e pastores. Todos sujos e politicamente maquiados, são lobos em pele de cordeiro. Sei que é difícil, mas espero que esses pilantras, pelo menos nesse momento pensem mais nas vidasdos mortos e feridos do que no dízimo que deixaram de receber com a falta do grande espaço físico (embora tenha certeza de que as contribuições financeiras não pararão "só" por causa de um acidente desses. Só resta a nós, cristãos, pedir sempre a Deus que console os que choram, e que faça justiça, e que faça de nós, mais do que nunca, instrumentos da sua paz e da sua justiça.

17 janeiro 2009

Sermão da Montanha - O Fundamento do Cristianismo Verdadeiro: "a porta de entrada é por aqui"

Quantas vezes ouvimos falar "o cristão tem que ler a Bíblia"? E quantas vezes começamos a ler a Bíblia e nos dá aquele desinteresse? Pode ficar calmo. O demônio não se apoderou da sua mente e nem está lançando na sua mente as setas do sono e do desinteresse pela Palavra. Simplesmente talvez você esteja começando pelo lugar errado. Lugares pelos quais as pessoas começam a ler a Bíblia e que geram um certo cansaço. Na verdade, não há "lugares", mas apenas um lugar: O Gênesis. Sim, você começa a ler o Gênesis, e logo começa a passar para os demais livros. Êxodo, Levítico, Números, Deuteronômio, Josué, Juízes e por aí vai, e logo toda aquela conversa estranha de homens feito de barros, velhos prendendo animais em embarcações, guerras por posse de terra, traições, prostituições, assassinatos de país por filhos, reis e súditos, tudo muito difícil de entender, e mais difícil ainda de se aplicar à sua fé (isso sem falar naquele estilo de escrita verdadeiramente ridículo (do ponto de vista literário) de ficar falando "fulano, filho de sicrano, filho de beltrano, filho do fulaninho, filho do beltranão, etc."). Você só queria saber onde é que tá aquele "alívio para a alma" que ofereceram pra você e que disseram estar na Bíblia, mas que você não conseguiu encontrar até agora, primeiro porque o negócio aí no Livro tá difícil de entender e depois porque naquela igreja enorme com um telão na frente não tem ninguém que possa te dar o auxílio: todos estão preocupados com a vida do apóstolo ou com certos dizimistas jogadores de futebol... Aí eu pergunto pra você: "e agora, José?" Parece que venderam pra você um belo gatão no lugar daquela lebre, e o cristianismo, que falaram que era simples, ficou mais complicado que jogar truco (pelo menos pra mim: não entendi esse jogo até hoje). O jeito é abandonar tudo, mesmo, e ficar ouvindo a papagaiada do pastor, que mais fala de dinheiro do que outra coisa, não é? NÃO, MEU IRMÃO! Estou querendo dizer que há uma luz no fim do túnel (e não é o trem que vem vindo do outro lado). O Sermão da Montanha: simplesmente Jesus Cristo. Sem mais delongas, vou direto ao ponto. Não se preocupe se Adão nasceu com umbigo, se veio dos macacos ou se ele surgiu num peido cósmico. Deixe pra lá toda aquela história complicada de Israel, de tomar posse de terras, de matar inimigos, afinal, você já tem sua casa, e o Brasil não entra em guerra já faz um tempinho. Deixe tudo isso de lado e vá para o Sermão da Montanha. Já ouviu falar dele? Provavelmente não, porque lá não se fala de dízimo e nem de ofertas, e nem de tomar posse, e nem de eleger presidente evangélico. O Sermão da Montanha é um discurso, ou uma coleção de discursos, de Jesus, feito em um monte do Oriente Médio (ou pode ter sido em diversos montes, ou em nenhum monte — isso não vem muito ao caso agora: o importante são as palavras de Jesus). Nele, estão alguns direcionamentos de Jesus a respeito da fé, pontos que servem como alicerce para a nossa fé. Ele vai do capítulo 5 ao capítulo 7 do livro Evangelho de S. Mateus, tratando de assuntos como quem é o alvo da pregação de Jesus, qual o papel dos discípulos na Terra, as leis dos judeus, exemplos de oração, de como dar esmolas e de como jejuar, a importância do Reino de Deus sobre o mundo terreno, caráter do homem, prioridades deste mundo, sobre falsos profetas e sobre a necessidade de se confiar em Deus em vez de confiar em soluções passageiras. É mais ou menos dividido da seguinte maneira:
  1. Quem são os "abençoados", aqueles que são o alvo de Cristo: 5.1 - 5.12;
  2. Sobre a responsabilidade dos discípulos: 5.13 - 5.16;
  3. O Compromisso de Jesus com a Lei dos judeus: 5.17 - 5.48;
  4. A caridade para com os necessitados e socialmente rejeitados: 6.1 - 6.4;
  5. Modelos de oração e jejum: 6.5 - 6.21;
  6. Sobre o caráter dos cristãos: 6.22 - 6.24;
  7. Algumas considerações sobre ansiedades e comportamentos de cristão (ansiedade, juízo temerário, tempo gasto naquilo que não é proveitoso): 6.25 - 7.6;
  8. A dependência de Deus e da oração: 7.7 - 7.12;
  9. Escolhas entre a vida e a morte, o cuidado com os "falsos-profetas": 7.13 - 7.27;
  10. Fim do sermão.
O interessante, no meu ponto de vista, é tentar conhecer principalmente o desejo de Jesus no que diz respeito aos seus discípulos. Longe de querer fazer disso uma "cartilha", mas apenas uma sugestão de leitura, separarei a seguir a lista levando em conta uma certa prioridade com relação ao que o cristão, no meu ponto de vista, deveria observar primeiramente. Levei em conta, para essa separação por prioridades, a observação cotidiana sobre mim e sobre o ser humano em geral. A sequência seria a seguinte: 1, 7, 8, 5, 2, 4, 6, 9, 3 e 10. Creio que a partir dessa sugestão de leitura, o cristão se preocupará com as "primeiras coisas primeiro", conhecendo quem é ele, qual sua posição e suas responsabilidades dentro do Reino, e qual é o seu futuro de forma mais rápida, proveitosa e consistente, conhecendo também a intenção do Mestre, sem ter que perder tempo com questões que considero secundárias para qualquer cristão.

16 janeiro 2009

"Obama Phone", ou "eu também quero meu pedaço nesse bolo".

Aproveitando o sucesso de popularidade do presidente eleito dos Estados Unidos Barack Obama (que toma posse na terça-feira, 20/01), a fabricante Mi-Fone, do Quênia, cidade natal do pai de Obama, lançou o mi-205f Obama, ou, como tem ficado conhecido: Obama Phone.
Notícia completa no site IDG Now!

Glossário brasileiro de prazos

Para evitar que estrangeiros fiquem pegando injustamente no nosso pé, está sendo compilado o Dicionário Brasileiro de Prazos', que já deveria estar pronto, mas atrasou, do qual foram extraídos os trechos a seguir:
DEPENDE: Envolve a conjunção de várias incógnitas, todas desfavoráveis. Em situações anormais, pode até significar sim, embora até hoje tal fenômeno só tenha sido registrado em testes teóricos de laboratório. O mais comum é que signifique diversos pretextos para dizer não.
JÁ JÁ: Aos incautos, pode dar a impressão de ser duas vezes mais rápido do que já. Ledo engano; é muito mais lento. Faço já significa "passou a ser minha primeira prioridade", enquanto faço já quer dizer apenas "assim que eu terminar de ler meu jornal, prometo que vou pensar a respeito". LOGO: Logo é bem mais tempo do que dentro em breve e muito mais do que daqui a pouco. É tão indeterminado que pode até levar séculos. Logo chegaremos a outras galáxias, por exemplo. É preciso também tomar cuidado com a frase Mas logo eu?, que quer dizer "tô fora!" . MÊS QUE VEM: Parece coisa de primeiro grau, mas ainda tem estrangeiro que não entendeu. Existem só três tipos de meses: aquele em que estamos agora, os que já passaram e os que ainda estão por vir. Portanto, todos os meses, do próximo até o Apocalipse, são meses que vêm! NO MÁXIMO: Essa é fácil: quer dizer no mínimo. Exemplo: Entrego em meia hora, no máximo, significa que a única certeza é de que a coisa não será entregue antes de meia hora. PODE DEIXAR: Traduz-se como nunca. POR VOLTA: Similar a no máximo. É uma medida de tempo dilatada, em que o limite inferior é claro, mas o superior é totalmente indefinido. Por volta das 5h quer dizer "a partir das 5 h". SEM FALTA: É uma expressão que só se usa depois do terceiro atraso. Porque depois do primeiro atraso, deve-se dizer fique tranqüilo que amanhã eu entrego. E depois do segundo atraso, relaxa, amanhã estará em sua mesa. Só aí é que vem o amanhã, sem falta... UM MINUTINHO: É um período de tempo incerto e não sabido, que nada tem a ver com um intervalo de 60 segundos e raramente dura menos que cinco minutos. UM MOMENTINHO: Demora, em média, cinco vezes UM MINUTINHO. TÁ SAINDO: Ou seja: vai demorar, e muito. Não adianta bufar. Os dois verbos juntos indicam tempo contínuo. Não entendeu? É para continuar a esperar. Capisci? Understood? Comprendez-vous? Sacou? Mas não esquenta que já tá saindo... VEJA BEM: É o day after do depende. Significa viu como pressionar não adianta? É utilizado da seguinte maneira: "Mas você não prometeu os cálculos para hoje?" Resposta: "Veja bem..." Se dito neste tom, após a frase não vou mais tolerar atrasos, OK?, exprime dó e piedade por tamanha ignorância sobre nossa cultura. ZÁS-TRÁS: Palavra em moda até uns 50 anos atrás e que significava ligeireza no cumprimento de uma tarefa, com total eficiência e sem nenhuma desculpa. Por isso mesmo, caiu em desuso e foi abolida do dicionário. (Texto recebido por e-mail.)

Ratziger -EU TENHO A FORÇA!!!!!!

Só postando um GIFzinho engraçado. Nada contra os católicos. Só achei engraçado, mesmo. (mas se ficarem ofendidos: VÃO REZAR UMA NOVENA E NÃO ME AMOLA!!!!)

15 janeiro 2009

BlogBlogs.Com.Br

Cenário Independente.

Estava dando uma olhada no My Space e decidi postar umas bandas que achei legal.
BANDA LAVAGE
Orinuda de Fortaleza - CE, tem se apresentado em diversos festivais de grande importância no circuito nordestino, além de ser comentada também na mídia especializada. A banda surgiu em 2003, e desde então lançou três CDs independentes e dois clipes. Clique aqui e ouça a banda LAVAGE no My Space.
BANDA CASO GERAL A banda paulista Caso Geral foi formada em játem oito anos de estrada. Da cidade de São José do Rio Preto, a banda traz um hardcore de som agressivo e letras conscientizantes, bem ao estilo das clássicas bandas do início do hardcore norte americano, mas sem perder a cara de algo novo, com sonoridade realmente impecável. Abanda possui dois CDs demos, um EP e um clipe, com tudo cantado em bom português, para todo bom entendedor de plantão. Quem quiser conhecer o trabalho dos caras, acesse o My Space deles clicando aqui.

14 janeiro 2009

Algumas citações para se pensar no mundo atual

Creio que o indivíduo que infringe um lei a qual sua consciência julga injusta, e que aceita de bom grado a pena de ser encarcerado a fim de conscientizar a comunidade sobre sua injustiça está, verdadeiramente, expressando o mais alto respeito pela lei.
— Martin Luther King Jr.
Não posso ensiná-lo a ser violento, já que não creio na violência. Posso apenas ensiná-lo a nunca se submeter a ninguém, ainda que isso lhe custe a vida.
— Mahtma Gandhi.
Caminhar é simples. Difícil é o que se deixa para trás.
— Dave Mustaine


O trabalho remunerado consome e degrada a mente.
— Aristóteles.

Beber é fácil. Deixar um quarto de hotel em estado de calamidade é fácil. Mas ser cristão é difícil. Isso é rebeldia.
— Alice Cooper


Ah! Não me ameace com o seu relógio. Um relógio sempre está muito atrasado ou muito adiantado. Não posso ser controlada por um relógio.
— Jane Austen (Mansfield Park).
Ao se vingar, um homem não passa de uma cópia de seu inimigo; mas ao perdoar, este homem passa a ser superior.
— Sir Francis Bacon.
Se todos exigissem paz em vez de uma TV nova, ai então teríamos a paz.
— John Lennon


Nunca vivas em excessos, mas permite que a moderação seja teu guia.
— Cícero.
A maioria das pessoas está presa, pensando somente sobre seu futuro ou vivendo no passado. Elas não estão no presente, e no presente é onde tudo começa.
— Carlos Santana
A virtude nunca fica sozinha. Aqueles que a praticam sempre terão vizinhos.
— Confúcio.
Você tem que conhecer seus limites. Eu não sei qual são seus limites. Descobri meus limites quando eu tinha vinte anos. Percebi que não haveria muitos limites se fizesse tudo do meu jeito.
— Johnny Cash.


Devias comer para viver,e não viver para comer.
— Sócrates.
Sermos um, e estarmos unidos é muito bom. Mas respeitar o direito de ser diferente talvez seja ainda melhor.
— Bono Vox.

Se você ama a Deus, queime uma igreja!
— Jello Biafra
Descobri o paradoxo de que se eu amar até sofrer, não haverá sofrimento, somente mais amor.
— Madre Teresa de Calcutá


Não se importe com o que as pessoas dizem. Não de o mínimo de atenção para suas leis.
— Edith Piaf


Citações retiradas dos sites http://www.quotationspage.com e http://www.brainyquote.com
Traduzidas por mim.




13 janeiro 2009

Reflexões sobre a música - a burrice do maniqueísmo cristão

Uma discussão no Orkut me fez materializar alguns pensamentos.

Muitos cristãos hoje têm medo de "errar" na hora de escolher o tipo de música que se vai ouvir, poisbotaram naca beçaque se um músico não é declaradamente gospel, white metal, unblack metal, ou seja lá o que o diferencie da música "secular", esse músico não é bom para se ouvir.

Não bastasse o ser humano ter que escolher entre o estilo de música que lhe agrada, e escolher entre os melhores e piores (questão bem pessoal, mesmo), os crentes ainda têm que escolher qual música é o não "santa"!

Sim. porque o cristão, segundo as igrejas, não pode simplesmente ouvir boa música, mas tem que ouvir música "inspirada por Deus". E entenda-se por música inspirada por Deus nãoaquelaque fala de amor, perdão, etc., mas aquelaque faz parte de um esquema de enganar trouxa, que é o tal do "mercado gospel". Mas eu nem quero entrar nesse assunto hoje.

O que quero discutir aqui é o fato de as pessoas terem colocado na cabeça que a música foi feita apenas com dois propósitos: adorar a Deus ou adorar ao Diabo. Com a desculpa de que "quem não está conosco está contra nós" e "quem comigo - no caso, as igrejas evangélicas - não ajunta espalha" o meio evangélico determinou (pra não perder o costume) que somente as músicas com Jesus em suas letras - ou então com chuva, paixão, comportas, bênçãos e mais um monte de outros xavões gospélticos - podem ser ouvidas pelos membros de sua igreja.

Não vou aqui, diferentemente de muitos cristãos, usar a Bíblia para afirmar se é lícito ou não ouvir música "secular". Antes, vou fazer uma analogiazinha.

Quando Deus criou a Terra, segundo o Gênesis, ele disse que toda erva e toda fruta do campo nos serviria de comida. Ele não disse que esistiam ervas que eram "gospel" e outras seculares, mas ele nos deu uma variedade de mato, e disse "escolhe aí, meu filho, aquilo que você mais gosta". E há uma peculiaridade nisso tudo. Há ervas que são amargas, que muitos não gostam, masque outros tantos adoram. Aí vai de cada um escolher o que mais gosta. Também há ervas que são venenosas, essas nós não devemos nem comer, porque fazem mal.

Da mesma forma Deus criou a música. Ele poderia ter dito: "todos os sons que coloco hoje no mundo servirão pra vocês se divertirem, se regozijarem, amarem, mexerem o esqueleto". É óbvio que no meio dessas músicas há músicas que são ruins para uns, boas para tantos outros. Há também músicas que não prestam de jeito nenhum, porque fazem qualquer um ficar mal. Essas é bom nem chegar perto (e não é só aquela música que você chama de "secular" que se encaixa aqui,não. Tem muita música dita "gospel" que a gente não devia nem parar pra ouvir o primeiro acorde...).

Voltando a falar de mato, sabe-se que há plantas que servem como alimento, que dão vitamina, que curam. Essas plantas nos deixam fortes, com energia. Há outras plantas, porém, que servem apenas como"tira-gosto". Elas são gostosas, mas não são essenciais pra nossa vida (todo mundo vive muito bem sem orégano, por exemplo, mas tô pra conhecer outro como eu que não gosta dessa plantinha). Até são muito gostosas, e nos alegra comê-las, mas elas não curam, e nem dão força. Mas elas também são boas, porque quando ficamos alegres, nosso corpo, segundo alguns especialistas, libera substâncias que nos revigoram. Essas plantas que, a princípio não servem pra nada além de alegrar, complementam o trabalho das ervas essenciais.

Levando essa idéia pro campo das artes, com a música acontece a mesma coisa. Há músicas que são essenciais para nós. Particularmente para nós cristãos, há algo que chama-se louvor, e que não pode faltar em nossas reuniões.Não é de hoje que os adoradores gostam de cantar a Deus, exaltando-o e agradecendo. Porém, há outros tipos de música que são gostosos, também. São músicas românticas, alegres, que falam de amizade, de amor ao próximo, ou que nos despertam para as desigualdades desse mundo. Essas músicas, quando são ouvidas, não agem diretamente no nosso espírito. Porém, elas nos alegram, nos sensibilizam, nos confortam, e essas músicas, mesmo não sendo do tipo "essencial", são ótimas, pois ao tratar do nosso corpo, elas complementam o trabalho da alma.

Depois dessa longa conversa, queria terminar deixando aqui a minha opinião Existe muito mais no universo músical do que as músicas do bem (gospel) e as músicas do mal (seculares). Entre as músicas que não são cristãs, há uma gama de obras que fazem bem para o nosso coração, para o nosso entendimento, ou que simplesmente nos colocam para se mexer fisicamente, fazendo com que nosso corpo abandone o marasmo da vida cotidiana.

Se você se sente revolucionário porque ouve rock cristão, eu o desafio a ir um pouco além, e a provar "de toda erva do campo", e não só das essenciais. Vá até uma loja de CDs, ou acesse uma loja virtual de MP3, e adquira músicas não explicitamente cristãs. Deixe que o Espírito Santo mostre pra você o que é bom e o que não é. Deixe de dar ouvido aos pastores e ao legalismo e comece a ouvir Deus. Você irá se surpreender ao escutar a voz dEle numa música "secular".

4ª AproximaçãoDespretenciosa de Cristãos Libertários e Simpatizantes

Este próximo sábado,dia 17de janeiro de 2009, será a 4ª Aproximação Despretenciosa de Cristãos Libertários e Simpatizantes, a nossa primeira reunião do ano.

Ano passado acabou e nós fechamos com um saldo muito positivo: de zero pessoas, saltamos para 7 ou 8 presentes na última reunião.

Para quem não sabe o que é, a Aproximação Despretenciosa de Cristãos Libertários e Simpatizantes é uma reunião onde falamos sobre o Evangelho de Cristo, tentando aplicar esse Evangelho à realidade do dia-a-dia. O grande diferencial dessa reunião é que ela está livre de regras, livre de estatutos e, o mais importante - e melhor -, livre de líderes e de igrejas. Lá, ninguém é mais importante, ninguém senta no púlpito e ninguém é puxa-saco de ninguém. Nos reunimos para tentar entender um pouco mais sobre o Mestre longe da hipocrisia e dos formalismos que continuam, mais do que nunca, atacando nossas Igrejas, agora de uma maneira mais perigosa e sutil: transvestidos de crentes "moderninhos", que carregam suas capas de roqueiros, surfistas, skatistas, rappers, possuem cabelos compridos, tatuagens, piercings e moicanos, mas continuam com seu legalismo e hipocrisia de sempre.

A sugestão de leitura para este sábado é o "Sermão da Montanha", mais precisamente as passagens bíblicas de Mateus 5.1 até 7.29, e os 10 Mandamentos ( Êxodo 20.1-17 e Dt 5.6-21).

É importante que quem já é cristão, ou que tenha uma certa facilidade de leitura, traga a Bíblia, para que o programa seja mais dinâmico e produtivo.

Culto na casa do irmão Raílton

Pra quem mora em São Paulo, gostaria de lembrar que há culto na casa do nosso irmão Raílton todas as segundas-feiras: Travessa do Anfiguri, 147, Jd. das Camélias, São Paulo, SP, todas as segundas-feiras às 20hs - Tel.: (11) 3867-0010.

Obs: É só pegar um ônibus no metrô Artur Alvim - Vl. Jacuí, Jd. Romano, ou Jd. Helena - que passa pela Av. Imperador, depois ele vira na Av. Laranja da China e é só descer no segundo ponto (são uns 15 minutos). Ou podemos nos encontrar na catraca do metrô Artur Alvim às 19hs.

08 janeiro 2009

Desabafo Israel x Palestinos (ou briguinha dos irmãozinhos)

Vou ser bem direto. Meu, hoje já li apelos para apoiar a causa israelense, para se condoer dos palestinos, para matar israelenses e palestinos, ou vice-versa. Pra falar a real? Já estou CANSADO desse papo de Oriente Médio. Os israelenses botam a culpa nos palestinos. Os palestinos dizem que Israel é que é o tirano da vez. Agora, cá pra nós: não bastassem os nossos problemas com traficantes, milicianos, fome, enchente, seca, transposição do São Francisco, desmatamento da Amazônia e da Mata Atlântica, sem-tetos e sem-terras e outros bichos mais, agora temos que nos preocupar com eles, também? Por quê os filhinhos de Abraão não se resolvem e nos deixam em paz? Isso foi só um desabafo.