08 novembro 2005

O ano está acabando.

O ano está acabando, mais uma vez.
 
Agora vem aquele tempo em que a hipocrisia rola solta: é vizinho beijando vizinho, irmão que brigou "se reconciliando", casais que se odeiam se beijando e se amando. E todos dizendo "ano que vem será diferente".
 
Porém sabemos que tudo será como é hoje, nada mudará...
 
Em vez de ser hipócrita, tente ser mais verdadeiro consigo e com os outros.
 
Em vez de esperar o dia 1º para falar com o vizinho com quem você brigou o ano inteiro, começe hoje a desenvolver habitos socialmente mais higiênicos: limpe a sua calçada e a dele, mas sem mentira. Tente fazer de uma forma natural, e com vontade.
 
O filósofo e apóstolo cristão Paulo de Tarso disse que Deus gosta daqueles que doam com alegria. Doe-se, para as pessoas, mas sem ter um peso nas costas ao fazê-lo. De nada adianta oferecer flores se por trás do ramalhete esconde-se um canivete!
 
Por fim, e mais precisamente aos cristãos amigos meus: por que você só deixa para lembrar de Cristo, ou falar dEle, apenas no Natal (e eu, muitas vezes, mereço ler minhas próprias palavras)? Aproveitemos cada momento para passar aos homens a mensagem de esperança, amor, paz, luz e união (parece "As Portas da Esperança", rsrsrs...) que o Senhor deixou para os que O amam antes de subir aos seus. Falemos dEle a todo momento, pois Ele faz aniversário todos os dias, e não apenas no Natal.
 
Acho que é isso.
 
PS.: Aos meus amigos e visitantes de outras religiões: não deixem de espalhar a bondade e o amor de todas as formas, independente de sua crença: ajude alguém, doe sangue, beije o seu caozinho, sei lá... Mas faça açgo positivo.
 
Deixo aqui uma frase de George Orwell, grande escritor britânico da primeira metade do século 20:
 
"To see what is in front of one's nose needs a constant struggle."
(Enxergar o que se está na frente do nariz requer um esforço grande e constante.)
 
Beijos, e até mais.
 
Em breve: entrevista com "As I Lay Dying".
 
Visite também:

03 novembro 2005

Bush diz que tem "mesmos objetivos" de Lula

Segundo matéria publicada no jornal "Folha on line

" ontem, 02/11/2005, às 10h29, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, disse em entrevista a um grupo de jornalistas latinos que ele e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva têm os mesmos objetivos.

Eu realmente acho que Bush está certo. Lula, assim como Bush o fez, busca uma reeleição a todo custo. Lula também tem ligações, ainda que indiretas, como muitos escândalos, assim como Bush, no seu mundo de faz de contas (leia-se EUA). Ambos querem subjugar a população, mantendo um alto número de desempregados e uma educação deficiente — embora isso não seja privilégio apenas de Bush ou de Lula; todo presidente ou líder "que se preze" deve destruir o povo e satisfazer a vontade dos burgueses e poderosos...

Pode ser que eu esteja errado — e eu quero estar —, mas o que presenciaremos nos próximos dias será a vitória, mais uma vez, das forças do "Satã Ocidental Capitalista" sobre esse pobre país rico. Veremos também o Brasil mais uma vez ser odiado por toda a América do Sul. Não é de hoje que os nossos "hermanos" nos enxergam como tiranos, e a partir desse mês, seremos mais do que nunca tidos como dominadores e desgraçados yankees que falam português.

Enquanto isso, como diz uma pichação na Paulista, "A Periferia Segue Sangrando..."

01 novembro 2005

Stryper: renascendo de uma maneira bem mais modesta do que o esperado.

O Stryper está fazendo uma turnê pelos Estados Unidos, porém eles estão longe dos grandes palcos. Agora eles tocam apenas em pequenas igrejas, com exibições acústicas de grandes sucessos. Isso é bom para que o novo baixista, Tracy Ferrie, vá se acostumando aos poucos a uma grande banda, embora eu pense que o Stryper nunca mais será o mesmo. Ferrie tem trinta e oito anos, já tocou com Dez Dickerson (nome conhecido dos mais antigos na cena), tentou tocar duas vezes no Whitecross, sentindo a reprovação de Rex Carroll. Depois disso, tocou numa banda chamada Seriah. e num belo dia seu currículo foi parar nas mãos de Michael Sweet, que o convocou para tocar na banda.
Em breve trarei a tradução da entrevista feita pelo site http://www.stryper.com, onde você pode obter mais informações sobre o novo disco do Stryper, Reborn, e mais informações sobre a banda e turnês.
 
Até mais.