22 janeiro 2005

Mais uma noite em branco

Eu sei, eu sei: para cada noite em claro envelhecemos pelo menos uma semana além do que envelheceriamos se estivessemos dormindo, não reorganizamos nossos nerônio e por isso não conseguimos pensar muito bem, e mais uma série de outros problemas, eu sei, mas eu simplesmente não consigo dormir e deixar de fazer o que eu quero. E sabe por queê? Porque é a única hora que eu faço o que eu quero, sem que ninguém mande ou "peça educadamente". Desculpem-me aqueles que nunca esperariam ouvir isso de mim, mas atire a primeira pedra... Hoje em dia ninguém mais vive o que deseja, e sim o que a sociedade deseja pra ela. Eu não queria ter que trabalhar o dia inteiro. Por que os cariocas podem ter duas horas do almoço, e alguns ainda saem mais cedo do trabalho e vão até à praia, enquanto eu tenho que trabalhar que nem um condenado para comer o memso que eles, comprar o mesmo que eles? Algo está errado e eu sei o que é. O carioca NÃO É VAGABUNDO! Aqui em SP é que trabalhamos demais! Somos bitolados, doentes por trabalho, viciados em sermos chamados "a locomotiva do Brasil", " o estado mais rico da união", e esses nomes que nos deixam com orgulho de ser paulista. Orgulho de que, peloamordedeus??? Orgulho de morrer de estresse mais rápido que os nossos irmão mais espertos. Sim, mais espertos, porque só um bando de manés como nós pra ter não sei quantas vezes mais ataques do coração que o resto da galera e ter orgulho disso, tenha santa paciência.... Eu amo essa terra fundada pelo Padre Anchieta, mas uma hora a gente explode — literalmente, CABUM!!! — e aí eu quero ver todo mundo se orgulhar... Orgulhar-se de trabalhar é a pior coisa que existe. Não falo mal de quem inventou o trabalho, pois sendo cristão tenho plena consciência de que a labuta foi obra divina. Tenho raiva é dos veículos causadores da praga, leia-se trabalho, Adão e Eva, que caíram na labia da Serpente e trouxeram sobre nós essa maldição. Antes tivessem ficado "de boa", comendo frutas permitidas e regando as plantinhas do Éden, bebendo água da fonte e brincando com os leõezinhos... Tudo isso pra falar que estou cansado, cansado dessa correria, cansado de trabalhar que nem um burro de carga para pessoas que me enxergam como uma ,áquina de corrigir textos. E que se dane os erros deste texto, pois estou escrevendo de uma tacada só e não vou revisar porcaria nenhuma. Quem quiser que revise, mas, por favor, corrija, digitando o texto ceerto, e mande-me por email que euterei o maior prazer de substituir o texto errado... Pois é, um dia agente explode. Acho que hoje eu quase explodi, mas foi apnas uma descargazinha, um desabafo. Graças a Deus que acima de tudo eu tenho uma paz que excede todo o entendimento, como diz a Bíblia. Agora, se eu estou assim, imagina quem não tem paz?? Como diz a galera mais chegada, É MUITA TRETA, JÃO! Esta é a imagem de um tio distante que trabalhou muito. Quer ficar igual a ele? Não? Então pára de trampá, ô retardado!!!!! Agora vou parar; tomar um banho, desconectar a Internet e preparar minha aula de "ingrêis" (não neceessariamente nesta ordem). Tchau, tchau, galera (VÊ SE COMENTA AÊ, BANDO DE MANÉ!!!!!!!!!!!!!)
Postar um comentário